Bolsonaro e Guedes se aproveitam da crise para chantagear trabalhadores

23/04/20 12:06

Mais uma chantagem de Bolsonaro e Guedes contra o povo brasileiro. O governo federal está articulando no Congresso Nacional a ajuda financeira da União a estados e municípios, mas está condicionando essa ajuda ao congelamento de salario de servidores públicos por dois anos. Concursos públicos também ficariam suspensos pelo mesmo período.

Áreas de atuação: Economia

Teto de gastos tirou R$ 22,5 bilhões do SUS em três anos

20/04/20 17:41

A derrubada da Emenda Constitucional 95, chamada de EC da morte, que instituiu o teto dos gastos públicos da União, é uma das principais medidas para enfrentar o coronavírus. Segundo levantamento do Conselho Nacional de Saúde, as perdas de financiamento federal no SUS por efeitos da EC 95 totalizam R$ 22,5 bilhões em apenas três anos de vigência da nova regra.

Áreas de atuação: Economia

Projeto quer suspender prazos de validade dos concursos estaduais durante crise

14/04/20 10:57

O deputado estadual Renato Roseno (PSOL) apresentou na Assembleia Legislativa um projeto de lei que suspende os prazos dos concursos públicos estaduais durante o período emergência decretada por ocasião da pandemia causada pelo coronavírus (Covid-19).

Áreas de atuação: Economia

Trabalhadores começam a sofrer os efeitos da reforma da previdência

01/04/20 13:00

As novas alíquotas de contribuição previdenciária pagas na iniciativa privada e no funcionalismo público entraram em vigor em março. No Ceará, a reforma aprovada a toque de caixa pelo governo Camilo no final do ano passado trouxe regras ainda mais duras para o funcionalismo estadual.

Áreas de atuação: Economia

Brasil vai na contramão das políticas econômicas adotadas pelos países em crise

25/03/20 12:50

A forma como cada país lida com a crise gerada pelo coronavírus fará toda a diferença ao final desse difícil período. Terão menos riquezas e mais miséria os países cujos governos não ampliaram despesas, sobretudo as sociais, e escolheram a medíocre estratégia de continuar reduzindo direitos e desonerando o setor produtivo, mantendo intocados os pagamentos dos serviços da dívida. É o caso, infelizmente, do Brasil.

Áreas de atuação: Economia

Renato pede providências sobre situação de bancários e outras categorias profissionais

20/03/20 18:00

Em ofícios encaminhados nesta sexta-feira a diversas instituições e autoridades públicas, o deputado estadual Renato Roseno (PSOL) pediu providências a respeito das condições de trabalho de bancários, funcionários de telemarketing e carteiros e solicitou uma reunião de urgência com representantes da Secretaria de Cultura do Estado (Secult)

Áreas de atuação: Economia

Fracasso do PIB revela a trágica política econômica de Guedes, denuncia Renato

04/03/20 12:44

Para o deputado estadual Renato Roseno (PSOL), o crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) em 2019, anunciado pelo IBGE na manhã desta quarta-feira em 1,1%, revela a tragédia econômica promovida pelo governo Bolsonaro e pela política econômica de Paulo Guedes.

Áreas de atuação: Economia

Entrevista para o jornal Combate Socialista sobre a reforma da previdência

21/01/20 11:00

A edição de janeiro do jornal Combate Socialista, publicação da Corrente Socialista de Trabalhadoras e Trabalhadores - CST, tendência interna do PSOL, traz uma entrevista com o deputado estadual Renato Roseno sobre a reforma da previdência do governo Camilo Santana (PT). Confira a íntegra da conversa.

Áreas de atuação: Economia

Previdência Estadual: Renato questiona urgência da votação da reforma no TJ

19/12/19 12:41

A votação da reforma da previdência estadual em regime de urgência é objeto de um mandado de segurança impetrado pelo deputado estadual Renato Roseno (PSOL) no Tribunal de Justiça do Ceará. O mandado foi ajuizado no fim da tarde da quarta-feira (18) e distribuído para o desembargador Francisco Lincoln Araújo e Silva, que será o relator do processo.

Áreas de atuação: Economia

Governo usa repressão e truculência para aprovar reforma da previdência na AL

19/12/19 11:43

A manhã desta quinta-feira foi marcada pela violenta repressão da polícia do governador Camilo Santana aos servidores e às servidoras que se manifestavam do lado de fora da Assembleia Legislativa contra as propostas de reforma da previdência estadual. Os representantes e as representantes do funcionalismo foram impedidos de acessar as galerias do Legislativo para acompanhar a votação.

Áreas de atuação: Economia